Blog | ContadorX

O IRPF 2016 começou!

A declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2016 só poderá ser transmitida em março, mas, a Receita Federal disponibilizou um simulador que vai te ajudar a organizar todos os documentos e descobrir o valor do imposto a pagar ou receber de volta. Cliente ContadorX já pode tirar dúvidas gratuitamente com nossos tributaristas. Veja como fazer neste tutorial.

Ao acessar o site da Receita Federal através de um navegador web, como Chrome e Firefox, o contribuinte poderá fazer um rascunho de sua declaração do IR. Na hora de elaborar a declaração propriamente dita, basta o usuário importar os dados que estão no rascunho. Veja agora como fazer o rascunho do Imposto de Renda 2016 em seu computador.

Passo 1. No computador, utilizando o navegador, acesse o serviço “Rascunho IRPF 2016” pela página da Secretaria da Receita Federal do Brasil na Internet, leia as informações que aparecerão na tela e clique em “Fazer Rascunho”:

irpf1

Clique em “Fazer rascunho

 

 

Passo 2. Digite o seu CPF e o código Captcha pelos botões digitais que aparecem na tela, em seguida, clique em “Avançar”:

irpf2

Digite o seu CPF e o código captcha

 

Passo 3. Clique em “Iniciar o Rascunho do IRPF 2016” e depois escolha a opção “apagar o rascunho atual e começar um novo com os dados totalmente em branco”. Se é a primeira vez que você acessa o site, aparecerá a opção para criar um novo, totalmente zerado. Escolha essa opção:

irpf3

Comece um novo rascunho.

 

Passo 4. O rascunho da declaração do IR abrange cinco áreas< a saber: Identificação; Informações de Terceiros; Rendimentos; Pagamentos e Bens e Dívidas. Saiba o que cada uma dessas áreas abrange:

Identificação campo para preenchimento da data de nascimento, ocupação, endereço, entre outros;
Informações de Terceiros permite incluir, alterar ou excluir um dependente ou alimentando na lista;
Rendimentos permite incluir, alterar ou excluir rendimentos na lista;
Pagamentos permite incluir, alterar ou excluir pagamentos e doações na lista;
Bens, Direitos, Dívidas e ônus permite incluir, alterar ou excluir bens, direitos, dívidas e ônus.

Preencha cada área com muita atenção e cuidado!

 

irpf4

 

 

Passo 5. Depois de preencher todos os campos ou apenas os que desejar, é hora de salvar o seu rascunho. Para isso, clique em “Salvar rascunho”, localizado no canto superior direito e defina uma “Palavra-Chave” para ele. Ela deve ter no mínimo 8 caracteres, contendo pelo menos um número e uma letra maiúscula. Depois de criar a Palavra-Chave, clique em “Salvar rascunho”:

irpf5

Criando uma palavra-chave

 

Passo 6. Para continuar o preenchimento do rascunho posteriormente repita o passo 2 e, na tela seguinte, clique em “Continuar o preenchimento”, clicando na opção “de onde parou – a partir do último rascunho salvo”:

irpf6

Entrando no rascunho salvo

 

 

Passo 7. Então, digite a sua “Palavra-Chave” e clique em “Recuperar rascunho”

irpf7

Recuperando o rascunho salvo.

Pronto! Agora é só dar continuidade ao preenchimento da sua declaração de imposto de renda.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *